segunda-feira, 16 de novembro de 2015

Complexo de Jonas ou o medo de realizar o próprio potencial

O "Complexo de Jonas" refere-se a uma história bíblica, onde Jonas é chamado por Deus para ir a Nínive  falar das Suas obras, mas ele nega-se e com medo vai para Társis. No caminho há uma grande tempestade, e Jonas é lançado ao mar, e engolido por uma baleia, onde permanece três dias e três noites, e depois é lançado de volta ao mar; acabando por ir para Nínive cumprir o seu destino. Jonas fugiu porque se sentia incapaz, inseguro, indigno, e, por essa razão, procurava o anonimato. Quantas vezes, já não se sentiu assim? Quantas vezes já não auto se sabotou, deixando de mostrar todo o seu potencial?  












A teoria da hierarquia das necessidades de Maslow afirma que a necessidade de auto-realização refere-se ao desejo de desenvolvimento das nossas potencialidades inerentes, de “sermos quem podemos ser”. Essa necessidade só pode ser almejada quando outras necessidades estão relativamente satisfeitas: biológicas, de segurança, amor e pertencimento, de estima, cognitivas e estéticas.
A relação entre nossas necessidades de auto-realização e de bem-estar pessoal é expressa em uma de suas famosas frases: “Se você planeia ser menos do que é capaz, provavelmente será infeliz todos os dias de sua vida”.
Jonas é um arquétipo dos diversos medos que podem sabotar os nossos progressos humanos, estes medos são: ao ter sucesso temos medo de não ser mais amados pelos entes queridos por tê-los superado ou por termos melhorado o padrão de vida; surgindo muitas vezes associado a um sentimento de culpa por ganhar mais dinheiro do que seus pais, ou por ter uma posição de destaque; temos medo que o nosso sucesso provoque a inveja dos outros; o medo de não sermos aceitos num grupo, de ser diferente e, por isso, de sermos rejeitados. Muitas vezes também temos o medo da mudança, mesmo que esta mudança se abra a uma existência melhor e mais feliz. 
Pense, o que faz com que a sua vida valha a pena? O que o motiva a se levantar todas as manhãs? De que forma pode manifestar todo o seu potencial?
Como Jonas dentro da barriga da baleia, seja honesto consigo mesmo, aceite em si o seu potencial, aceite que pode ser quem quiser ser.  Não permita que o medo o impeça de realizar os seus sonhos, ao invés disso enfrente os seus medos, desenvolva a sua confiança, vá celebrando as pequenas conquistas.

Fiquem bem, sejam felizes

Gabriela Lima Barros 

Sem comentários:

Enviar um comentário