sábado, 10 de janeiro de 2015

Terapia Floral de Bach

Os Florais de Bach são 38 essências à base de flores e plantas preparados homeopaticamente usados para tratar cada um uma sensação diferente.
O Dr. Bach viu que eram os estados emocionais que originavam as doenças ou as agravavam.
Assim ele dedicou-se a identificar as plantas que melhoravam e ou corrigiam esses estados de espirito de forma a levar a pessoa a sentir-se melhor para que assim o seu corpo tivesse mais energia e capacidade para combater a doença. Segundo os estudos feitos pelo Edward Bach, as vibrações das flores correspondem às diversas características da personalidade humana, mas em seu estado puro, perfeito. Estas essências harmonizam as emoções, restabelecendo o equilíbrio interior.
Desde a infância as pessoas aprendem a reprimir suas emoções de raiva, medo, insegurança..., e com o passar do tempo estes sentimentos vão se solidificando, criando um bloqueio que os impedem de ser elaborados e consequentemente possibilitando o desencadeamento de doenças.
As essências florais ajudam trabalhar esses conflitos possibilitando a integração das emoções positivas e negativas à personalidade.



O que é uma Essência Floral?
As Essências Florais são essências energéticas de flores e plantas.
Os Florais de Bach são apresentados em frascos concentrados com 20 ml. Ao todo são 38 essências além do Rescue Remedy que é um composto para emergências. Cada essência é indicada para um sentimento, emoção ou situação específica.

Como Funcionam?
As essências florais retêm um padrão energético de alta frequência que nos ajuda a restaurar e harmonizar o nosso campo energético.

Para que servem as Essências Florais?
As essências florais ajudam-nos a restaurar o nosso equilíbrio, trazendo-nos harmonia e maior facilidade em enfrentar as dificuldades do dia a dia, tais como:
Stress, ansiedades, depressão, solidão;insónia, frustração, baixa auto-estima e medos.
Escolha de um novo caminho profissional ou pessoal
Traumas, choques e tristezas. Expandem a consciência, desenvolvem a intuição e as nossas capacidades Ajudam-nos a aceitarmo-nos e gostar de nós tal como somos.
Casos de Emergência: após acidente, aborto, antes de cirurgias, de consultas ao dentista, situações inesperadas, etc.
Situações Extremas: depressão profunda, tentativa de suicídio, desespero, descontrole físico e emocional, alcoolismo, drogas, síndrome de pânico.
Fases de Mudança: desmame, adaptação escolar, puberdade, adolescência, inicio de carreira, casamento, gravidez, nova residência, novo emprego, divórcio, menopausa, reforma, morte de pessoas queridas ou doença terminal.
Situações de Desequilíbrio: ansiedade, nervosismo, insónia, impaciência, depressão, medo, tristeza, raiva, ódio, ciúmes, culpa, desconfiança, agressividade, mágoa, ressentimento, preocupação, desânimo, cansaço, tensão pré menstrual, problemas com a sexualidade, distúrbios do apetite, frustração, dificuldade de concentração e aprendizagem, falta de esperança, confiança ou criatividade, solidão, rejeição, intolerância, crítica, vontade fraca e submissão, indecisão, perda de controle, repetição de erros, amor possessivo, aversão de si próprio, pessimismo, carência, saudade do passado, stress, exaustão, melancolia, insatisfação com a vida (pessoal e profissional), rigidez, traumas antigos, abatimento, fanatismo, necessidade de domínio, memória fraca, resistência à mudança, orgulho, pensamentos persistentes indesejáveis e conflituosos, apatia, amargura, entre outros.

Quem pode fazer o tratamento?
Crianças com problemas de convivência na escola, com os pais ou com os irmãos, super agitadas, hiperactivos, etc.
Adolescentes com acne, rebeldes ou inseguros quanto aos relacionamentos, drogas e escolha de profissão.
Adultos e Idosos que precisam de apoio em situações tanto circunstanciais (momentâneas) quanto estruturais (já cristalizadas).
Família: para equilíbrio das relações familiares entre pais e filhos.
Casal: amigos, namorados, casados, com problemas no relacionamento, em processo de separação ou separados.
Animais Domésticos, que estão em stress, tristes, assustados.


Como usar as Essências Florais?
As Essências Florais são simples de usar e podem facilmente complementar outras terapêuticas. Não são antagonizadas pelos medicamentos prescritos pelos médicos o que as torna um complemento valioso de qualquer tratamento.


Exemplo de tratamento por categorias

O Emocional que atinge o Físico: cansaço/stress/esgotamento, sistema imunológico, obesidade, acne, gastrite, etc.

O Emocional que atinge o Mental: cansaço mental, falta de memória, pensamentos recorrentes, etc.

Comunicação: timidez, voz presa, excessiva expansividade, etc.
Emoções Básicas: depressão/desencorajamento, raiva/ódio/ressentimento, impaciência, ansiedade, medo, crítica, baixa auto estima.

Idosos: saudosismo, medo da morte, dificuldade de se adaptar às mudanças do mundo, reumatismo, falta de vitalidade, depressão, abandono.

Crianças: dificuldade de se adaptar na escola, de dividir brinquedos, xixi na cama, sentimento de rejeição pelos pais, etc.

Adolescentes: sentimento de culpa e inadequação, dificuldade de se relacionar, timidez, vergonha do corpo.

Estudantes: dificuldade de memorização e aprendizagem, medo de falar em público e de se relacionar na escola.

O Emocional que atinge as Mulheres na: dificuldade de engravidar, gestação, TPM, dupla jornada, etc.

Nos Homens: falta de sensibilidade e dificuldade de expressar sentimentos.

Relacionamentos: agressividade, falta de amor, dificuldade de se relacionar, dificuldade de confrontar relacionamentos abusivos e viciados, falta de calor sexual, dificuldade de se libertar de relacionamentos que já acabaram (esquecer ou perdoar), etc.

Espiritual: falta de fé, dificuldade de se concentrar para rezar ou meditar.

Traumas: abuso ou violência sexual, violação, ainda no útero ou na infância, perdas dolorosas.

Material: medo de falta dinheiro, medo de faltar comida, dificuldade de dividir e compartilhar, etc.

Empresas: atendimento, paciência, simpatia, concentração, trabalho em equipa, mudanças nas empresas: incerteza, medos, stress, etc.
Preso ao Passado/Futuro: medo do futuro, ligação ao passado.




Sem comentários:

Enviar um comentário