segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

Esperar de mais

Hoje em dia vivemos muito centrados em nós mesmos, vivemos com urgência de viver, mas ao mesmo tempo perdidos entre querer fazer e abraçar tudo e não conseguir fazer nada, engolidas pela vida, ou seja, mergulhadas na rotina diária. 
E neste corre, corre diário, esperamos demais para tomar decisões, para fazer o que deveria ser feito, para acompanhar aqueles que precisam da nossa presença. Esperamos de mais para pedir desculpas, para dizer “eu te amo”, para realizar os nossos sonhos. Esperamos de mais para sermos generosos, para ajudar aqueles que estavam a precisar de uma palavra amiga. Um dia olhamos e vemos que, afinal, o tempo não é eteno, não está a nossa espera.
Se quisermos realmente viver uma vida de verdade, podemos escolher ser os autores principais de nossas vidas e começarmos a viver a existência que sempre sonhamos aqui e agora, isso significa viver uma vida mais consciente das nossas necessidades, dos nossos sonhos e incluir neles os outros, os outros que amamos e que queremos que façam parte do nosso mundo, os outros a quem podemos dar um pouco de nós mesmos, seja numa palavra de apoio, seja em algum período de tempo que podemos usar fazendo por exemplo voluntariado. 
Aproveite cada dia, cada hora. Não espere, pois corre o risco de ver a vida a passar por si e de já não ter mais tempo para agir.  
Fiquem bem!


Gabriela Barros

Sem comentários:

Enviar um comentário