sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

Contabilizando as boas coisas da vida

Porque teimamos em viver infelizes? A maior parte das vezes contabilizamos o que nos falta, em vez de contabilizarmos as boas coisas boas da vida.
Já reparou como é muito fácil dizer o que não têm?
Como a sua mente está focada na carência?
A vida passa muito depressa, e nos nascermos para ser felizes. Ter a mente focada nas coisas mais positivas, na saúde, na prosperidade, irá com toda a certeza nos ajudar a caminhar melhor por esta vida.

É também importante ter objectivos, para atingir seja o que for na vida
precisamos em 1º lugar saber muito bem o que queremos, ter metas e objectivos
bem definidos. Sabendo bem o que queremos, saberemos por onde ir, saberemos o
que fazer para lá chegar, o que necessitamos ter como prioridade e o que devemos conquistar.
O importante é que todas as metas sejam realistas. Lembre-se de que para as coisas acontecerem é necessário planejamento, investimento (de tempo, dinheiro e energia), e força de vontade. Depois é vibrar dentro dessa mesma energia, ser flexível para mudar caso seja necessário. Quando os obstáculos surgem há que os saber ultrapassar, procurar soluções e /ou outras formas de ver as situações. Nunca perca seus objetivos de vista, se eles parecem distantes não crie atalhos, mas metas intermediárias para os poder alcançar.
Em vez se nos focarmos na carência/ ausência do que não temos é importante nos focarmos nas boas coisas que temos. Contabilize desde hoje e diariamente as coisas boas do seu dia, verá que viverá muito mais feliz.
Desejo-lhe uma vida realizada, tranquila e repleta de coisas boas!
Gabriela Barros

Sem comentários:

Enviar um comentário