terça-feira, 26 de julho de 2011

Metamorfose da vida

Somos seres humanos em evolução, mas mudar causa medo, deixar de ser quem se é, de gostar das coisas que sempre gostamos, de apreciar outras, de ver a vida e as pessoas de outra maneira, pode ser sim muito assustador, afinal é mais seguro estar no lugar de sempre, continuar no nosso lugar seguro e conhecido. No inicio deste processo podemos detestar o facto de estarmos a sentirmo-nos assim, perdidos, virados do avesso, estranhos com o mundo que nos rodeia, com o nosso corpo, a nossa mente, digo mais, surpreendidos porque deixamos de nos conhecer, afinal já não somos a mesma pessoa. Perante tantas mudanças internas sentimo-nos sem saber o que fazer na vida, mudar ou resistir? Este processo pode ser longo para uns, rápido para outros. Mas se nós não mudamos com a vida, a vida encarrega-se disso. Quando se dá a metamorfose restamos aceita-la do contrário resistir só nos trará atrasos e sofrimentos. A metamorfose da alma leva-nos a evolução, acredito que resgata o nosso verdadeiro ser, coloca-nos no lugar certo, com os sentimentos certos e com uma nova visão da vida. Quando a sua borboleta quiser nascer, deixe-a sair, complete o seu processo e verá que será muito mais feliz!

Sem comentários:

Enviar um comentário