terça-feira, 17 de agosto de 2010

A importância de perdoar

O perdão é um processo de transformação interior.
Ninguém é perfeito, é verdade, todos nós cometemos erros, todos nós magoamos. Muitas vezes somos egoístas, muitas vezes somos mesquinhos e podemos provocar o sofrimento a outros. Algumas pessoas magoam-nos com palavras ou acções e nem sempre temos o poder de mudar os seus pensamentos e as suas atitudes. Mas o que é o perdão?
Perdoar é reconhecer a imperfeição humana, é não julgar aos outros ou a nós próprios, é sentir compaixão, é nos libertarmos da raiva, do ódio e da dor, é deixar de lado o passado e caminhar para sentir a paz e a felicidade interior.
Pense um pouco nisto, liberte o seu coração, escreva numa folha de papel as pessoas ou situações que ache que deve perdoar, coloque no papel todos os seus sentimentos e depois rasgue ou queime esse papel, verá como esse pequeno gesto tem um grande poder curativo para a sua alma. Perdoar é não permitir que uma situação ou pessoa nos continue a magoar. Quando perdoamos alguém que nos magoou não estamos a dizer que essa pessoa está certa, nem tão pouco nos estamos a mostrar fracos. Você não terá que gostar da pessoa, fechar os olhos ou concordar com alguma situação, apenas procure libertar o seu coração e substitua a raiva, a amargura e o ódio por amor. Verá como se sentirá em harmonia, consigo e com os outros. Perdoar só será fácil se você conseguir olhar para os outros ou para alguma situação com olhos de amor. Não vale a pena ficar a vida toda a remoer o que já passou, afinal o passado é passado e já não volta mais.
Pergunte-se: O que posso aprender com esta situação? O que posso fazer para seguir em frente? O que aprendi com esta situação que me possa ajudar no futuro? Por vezes escondemos os ressentimentos no mais profundo do nosso ser, que nem mesmo nós sabemos que eles lá estão, e pior estão a fermentar e um dia irão nos afectar. Solte a raiva que sente dentro de si, desapegue-se do passado, viva totalmente no presente, nunca é cedo ou tarde de mais para perdoar, seja a nós próprios ou a outras pessoas.
Lembre-se a cada dia, a cada momento, você têm a oportunidade de escolher, deixe que seja o seu coração a decidir, não dê ouvidos ao Ego, se necessário peça ajuda aos anjos ou mesmo ao seu santo de devoção, entregue os sentimentos negativos, as mágoas, as dores e a raiva ao céu e transforme-os em amor. Perdoe, pois também será perdoado, quando tiver que pedir desculpa peça. Nós estamos aqui para mudar, para evoluir, para aprender. Faça o exercício da cura da sua alma, plante no seu coração o amor e o perdão.
Opte por ser feliz e por se sentir em paz.

Sem comentários:

Enviar um comentário